18 janeiro 2012

Trindade!

Recentemente um de nossos leitores fez o seguinte comentário:

.... ...
"A forma básica da nossa profissão de fé trinitariana (Mateus 28:19) tomou forma durante o curso dos séculos segundo e terceiro em conexão com a cerimônia de batismo. Medida em que o seu lugar de origem está em causa, o texto (Mateus 28:19) veio da cidade de Roma."
O batismo da Trindade e texto de Mateus 28:19, portanto, não se originou a partir da Igreja original, que começou em Jerusalém por volta do ano 33. Era um pouco como a evidência demonstra uma invenção posterior do catolicismo romano completamente inventada. Muito poucos sabem sobre estes fatos históricos." --- Introdução ao Cristianismo por Joseph Ratzinger. página 82-83. Edição de 1968.
???


Bem, vamos por partes...

Primeiramente, provas de que existe uma "trindade" embora esta palavra não exista na bíblia, assim como a palavra milênio, são muito mais antigas.

Desde o Gênesis está escrito: FAÇAMOS  o homem à nossa imagem.

Alguns afirmam que o façamos (que requer mais de uma pessoa) se refere a Deus e aos anjos. ERRADO! Acaso os anjos tem poder para criar a vida, senão Deus? E mais, a bíblia JAMAIS menciona qualquer anjo durante os dias da criação!

Deus disse FAÇAMOS, porque estava presente na criação o Pai, O Filho e o Espírito Santo de Deus!

Colossenses 2: 8 e 9 Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;  Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;

Colossenses 1: 14 a 17 Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados;  O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;  Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.  E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

Filipenses 2: 5 a 9  De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Pelo que, também, Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;


Mateus 28:19 não é o único texto bíblico que fala sobre a natureza de Deus:
  • 2Co 13:14 "A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês."
  • Dt 6:4 Ouça, ó Israel: O Senhor, o nosso Deus, é o único Senhor.
  • Gn 1:2 Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. 26 Então disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança..."
  • Jo 10:30 Eu e o Pai somos um".

    Note que muitos usam este texto para dizer que Jesus e O Pai é uma única pessoa. Mas note que Jesus ao orar explicou:
Jo 17:11 Não ficarei mais no mundo, mas eles ainda estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um.


Ou seja, assim como o Pai e o Filho são um em propósito, desígnio, pensamento,  assim Jesus orou para que também sejamos um.
Ora, não é que nossos corpos se fundissem em um só corpo, obviamente, ou seja, está completamente claro que a passagem de João 10:30, na qual Jesus afirma que "Eu e o Pai somos um" está significando explícitamente que o Pai e o Filho são um em propósito, não em pessoa, como uma pessoa duas identidades, mas duas pessoas, duas identidades, um só Deus.

  • Jo 1:1 No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus.
    Jo 1:2 Ela estava com Deus no princípio.
    Jo 1:3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito.
    Jo 1:14 Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade.

  • At 5:3 Então perguntou Pedro: "Ananias, como você permitiu que Satanás enchesse o seu coração, a ponto de você mentir ao Espírito Santo e guardar para si uma parte do dinheiro que recebeu pela propriedade?
    At 5:4 Ela não lhe pertencia? E, depois de vendida, o dinheiro não estava em seu poder? O que o levou a pensar em fazer tal coisa? Você não mentiu aos homens, mas sim a Deus".
  • Jó 33:4 O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida.
  • Jo 14:26 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse.
  • Jd 1:20 Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no Espírito Santo.
    Jd 1:21 Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna.


    Dentre muitas outras.
O que falta hoje na maioria das pessoas é a capacidade de acreditar no que a Bíblia diz. Esta o deixa claro que há um só Deus, formado por três pessoas, O Pai, Filho e o Espírito Santo.

O autor do comentário deveria rever suas prioridades, suas crenças.

Você prefere acreditar em Joseph Ratzinger ou no que a Bíblia diz?

Você, que prefere acreditar no que um Pastor ou líder de igreja diz, em contradição ao que a Bíblia diz, por certo está a lançar fora sua oportunidade de conhecer a Deus e também sua salvação, pois está colocando um ser humano acima da palavra de Deus, e esta é inequívoca.

Estou farto de ter que explicar aquilo que as pessoas já sabem, mas insistem em desacreditar e como não há argumentos realmente plausíveis na bíblia, usam de fontes externas...
 
Acaso você sabe quem é Joseph Ratzinger? Vou dar uma dica, pesquise no google e este será facilmente identificado.

Você se diz evangélico e realmente acredita em tudo o que o PAPA diz?

Pelo amor de Deus, meus amados! Parem com estas discussões inúteis!

Leiam a bíblia, a palavra do Senhor!

Se preferirem dar ouvidos a seus pastores ou líderes de Igreja, no grande dia do retorno de Jesus, este lhe dirá: afastem-se de mim malditos, não vos conheço!

Mt 7:21 "Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.
Mt 7:22 Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’
Mt 7:23 Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal! ’ "

5 comentários:

Eleazar disse...

SAbia que é pecado mentir? torcer os textos para que digam o que queremos? o texto do papa que vcs citam não existe. é bom pesquisar antes de colocar um texto desse para não falar tanta besteira. Eu tenho o livro e se vcs fore honestos e postarem meu comentário os outros verão o texto na íntegra:
Talvez seja útil fornecer alguns dados sobre a origem e estrutura do símbolo, que contribuirão para esclarecer o "por quê" [48] do nosso proceder. A forma básica do nosso símbolo apostólico cristalizou-se no correr do segundo e terceiro século, em nexo com o rito batismal. Trata-se originariamente de uma fórmula nascida na cidade de Roma. Contudo, seu lugar interno de origem é a liturgia, ou mais exatamente, o batismo. O rito batismal fundamentalmente orientava-se pelas palavras de Cristo: "Ide, fazei discípulos a todos os povos e batizai-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28, 19). De acordo com esta ordem, o batizando ouvia três perguntas: "Crês em Deus, Pai todo-poderoso...? Crês em Jesus Cristo, Filho de Deus...? Crês no Espírito Santo...?". A cada uma das perguntas o batizando respondia: "Creio", sendo, de cada vez, mergulhado na água. Portanto, a fórmula mais antiga do símbolo realiza-se em tríplice diálogo e está enquadrada no rito batismal.

É bom pesquisar, mas mais importante ainda é defender uma verdade com outra, como acreditar que o que vcs defendem é verdade se usam da mentira para fundamentar a suposta verdade?

Mensageiros da Verdade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mensageiros da Verdade disse...

Prezado Eleazar,

Antes de tudo: se prestar atenção verá que a postagem começa com os dizeres:

"RECENTEMENTE UM DE NOSSOS LEITORES FEZ O SEGUINTE COMENTÁRIO:"

.... ...
"A forma básica da nossa profissão de fé trinitariana (Mateus 28:19) ...ao Cristianismo por Joseph Ratzinger. página 82-83. Edição de 1968.
???

Ou seja: MOtivado pelo comentário, esteja a pessoa que o escreveu certa ou errada, o que não me importa, redigi o texto inteiramente baseado na Bíblia sobre o tema proposto pelo comentário.

Recomendo que você reforce suas aulas de interpretação de texto, pois está deixando a desejar.

Não seja precipitado em atacar as pessoas sem antes ser coerente com os fatos.

Supondo que tudo foi só uma grande falta de atenção sua, acaso não tem nenhum comentário sobre o que a bíblia diz sobre o tema proposto? Se de fato é tão comprometido com pesquisas, não acha mais interessante pesquisar o que Deus disse (através de seus servos, os profetas) na bíblia, do que pesquisar sobre o que o papa disse?

Está a perder tempo precioso.

E, ainda, se avançar em suas habilidades de interpretação de texto, perceberá que não estive a defender o texto de um dos leitores, mas a combatê-lo.

Roosevelt Braga Jr disse...

Paz do Senhor prezado autor.

Li seu texto e fui muito edificado, gostaria, no entanto, de sua opinião, acerca de algumas conclusões que tirei, as quais pensam serem corretas acerca da trindade. Inclusive, eu sugiro este texto seu ao final do meu post, para quem quiser aprofundar-se no assunto.

O texto, que na verdade foi uma adaptação de um outro que li, está postado em meu blog no link abaixo.

Gostaria muito de ler seu comentário.

Deus abençoe!

http://rooseveltbragajr.blogspot.com/2012/05/trindade-ta-na-biblia-que-doutrina-e.html

Mensageiros da Verdade disse...

Prezado Roosevelt Braga Jr, a Paz do Senhor!

Li e reli sua reflexão sobre o assunto, e acredito que em parte - digo, baseado na bíblia - você está certo.
Quero dizer, seu raciocínio está correto.

Entretanto, a palavra do Senhor nos diz o seguinte: Deus formou o homem a partir de: Barro + fôlego divino = Alma vivente.

Portanto, o Criador usou algo material + algo espiritual(Seu Poder, Fôlego) para só então o homem passar a existir.

Assim, apesar de sermos provenientes de diferentes materiais, somos agora um todo.

Diferente de Deus, não temos a capacidade de existir sem alguma destas partes.

Realmente não sei se estou me expressando bem, mas talvez eu seja mais claro sobre o assunto da seguinte maneira:

Note, meu irmão, que a bíblia foi escrita em diferentes épocas, diferentes culturas até (de certo modo) e diferentes línguas.

Quando o texto sagrado menciona algo sobre a natureza humana, usa palavras como Espírito, Alma, Corpo. Não que sejam três coisas distintas, em se tratando do homem, mas ao traduzir tais palavras do original aí sim obtemos o real significado do que o autor quis dizer. Algumas vezes tais palavras tem sentido filosófico, outrora literal...

Como exemplo: A bíblia deixa claro que ao uma pessoa morrer, acabou! Ao menos até a volta de Jesus, é claro.

Mas, ainda assim a própria bíblia não deixa de dizer que "podem nos matar o corpo mas não a alma". Não que tenhamos alma imortal, mas, se temos nossa salvação em Cristo, a morte é senão um sono temporário, e ninguém nos será capaz de impedir de ressuscitar pelo poder de Deus no último dia.

Mas quanto aqueles que rejeitam a salvação, terão sua alma, sua vida, destruída para todo o sempre...

Note que apenas "arranhamos" a superfície do assunto. Poderíamos gastar horas a fim de tratar de tudo isso.

Muito obrigado por seu comentário.

Deus te abençoe muito!

Entre em contato através do ejseth@outlook.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails